segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

iCarly fanfic 10 Fim da 2ª temporada

Olá, gatinhos e gatinhas! Espero que gostem da nova fanfic. Obrigada por votarem nas enquetes – ninguém votou em Creddie; imaginei que teria poucos votos, mas nenhum...a maioria é mesmo Seddie :) Um obrigada do tamanho da web, por todo apoio, pessoal – mais de 5000 visitas; vocês são demais!!!

*DIREITOS DE iCarly RESERVADOS A DAN SCHNEIDER E A NICKELODEON

***NÃO GOSTO DEL@***

@P@RT@MENTO DE C@RLY

– Férias! – gritaram Carly, Sam e Freddie ao entrarem no apartamento, jogando as mochilas para o lado e se jogando no sofá.

– Incrível! Eu passei de ano! – disse Sam, levantando-se e indo até a geladeira.

– É, um milagre que acontece todo ano – disse Freddie.

– Vai cuidar da sua vida, Benson!

– Minhas férias já começaram com um pesadelo – disse o garoto, triste. – Minha prima, Amanda, chega amanhã.

– Amanda? – perguntou Sam. – Aquela esquisita e chata?

– É.

– Boa sorte!

– Não se preocupe, Freddie – disse Carly. – Ela era chata quando era mais nova. Ela tem nossa idade? Com certeza a gente tem algum gosto em comum.

– Esse é seu problema, Carlota – disse Sam, com a boca cheia de pizza. – Só vê o lado bom das pessoas.

– Não; só tô tentando ajudar o Freddie.

– Fala, galera – disse Spencer, animado, entrando no apartamento.

– Verônica voltou – disseram os três.

– É – disse ele. – Como sabem?

– Basta ver sua cara de felicidade – disse Carly.

– Ah, terminei minha tela – disse ele, indo para o quarto, e trouxe a tela no suporte, coberta por um pano.

– A cesta com as laranjas? – perguntou Sam.

– Não – ele tirou o pano e a tela representava um casal de costas, sentado num banco, observando a lua.

– Parecia uma cesta com laranjas – disse Sam.

– Já que querem laranjas – Spencer tirou a primeira tela e a segunda representava uma cesta com três laranjas.

– Legal. – Os quatro riram.

DI@ SEGUINTE

Freddie, Sam e Carly estavam assistindo desenho animado quando a campanhia tocou.

– Carly, vai atender – disse Sam.

– Por que eu?

– Porque a casa é sua. – Carly levantou-se e abriu a porta.

– Oi – disse uma garota de vestido rosa e botas, parada na porta. – O Freddie taí?

– Amanda? – perguntou Carly, surpresa.

– Carly – disse a garota, entrando no apartamento –, seu programa é demais!

– Obrigada.

– Amanda – disse Freddie, levantando-se. – Uau, você tá... bonita. – Sam levantou-se e deu uma cotovelada na costela dele. O garoto fez uma careta de dor, enquanto massageava o lugar com a mão.

– Bem-vinda – disse Sam.

– Samantha, né? Minha tia me falou de você...

– Espero que bem.

– Eu não esperaria – disse Amanda.

– Não gosto dela – disse Sam, baixinho, indo para cozinha.

– Pensei que estaria me esperando, Freddie, mas eu cheguei e a titia disse que tava aqui.

– Minha mãe tava faxinando tudo; não quis atrapalhar.

M@IS T@RDE...

– Legal o estúdio – disse Amanda, depois que Carly e Freddie apresentaram o lugar a ela. – Mas expor a vida pessoal num webshow não é uma tentativa desesperada pra conseguir atenção? – Carly, Freddie e Sam (sentada num pufe) entreolharam-se.

– Não entendi o que quis dizer – disse Sam.

– É loira, né?

Sam levantou-se e avançou para ela. Carly e Freddie a seguraram.

– Não estamos querendo chamar atenção – disse Carly. – É um programa de comédia e, às vezes, usamos alguma coisa engraçada que acontece com a gente.

– Amanda, acho melhor a gente ir – disse Freddie. – Minha mãe deve estar esperando a gente para o almoço. – Pegou a mão da garota e a puxou para fora de estúdio.

N@ RECEPÇÃO

Griffin estava esperando Lewbert aparecer, para pegar a correspondência, quando Amanda aproximou-se.

– Ei, você é o namorado da Carly, né?

– Sou.

– Sou Amanda, prima do Freddie – ela estendeu a mão e Griffin apertou-a.

– Hum – fez Sam, aproximando-se, com uma vasilha cheia de frango frito.

– Oi, Sam – disse Griffin. Lewbert saiu do escritório. – Tem correspondência pra minha mãe?

– Tem – Lewbert deu a ele vários envelopes.

– Valeu. A gente se vê, meninas – Griffin entrou no elevador.

– Fique longe do namorado da minha amiga, ouviu? – disse Sam a Amanda.

– Não quero nada com ele, já tenho o Freddie.

– O que quer dizer?

– Que depois do nosso beijo, com certeza, ele vai te esquecer rapidinho.

Sam largou a vasilha e começou a puxar o cabelo de Amanda.

– Para com isso – disse Lewbert, contornando o balcão para chegar até elas. Com muita dificuldade, conseguiu separá-las.

– Louca! – gritou Amanda e correu para o elevador.

@P@RT@MENTO DE C@RLY

Freddie entrou no apartamento. As garotas estavam sentadas ao balcão, tomando sorvete.

– Sam! – disse ele. – Por que bateu na Amanda?

– Não bati nela. Só puxei o cabelo dela.

– Ela disse que não fez nada.

– Ela disse que vocês se beijaram.

– Isso é mentira!

– Sinceramente, Freddie – disse Carly –, acho que a Amanda não é de confiança. Ela fez aquele comentário sobre o iCarly, inventou uma mentira pra Sam, ofendeu ela e estava dando em cima do Griffin.

– Se você quiser ficar do lado dela, tudo bem – disse Sam. – Mas esquece que somos suas amigas.

– Claro que não vou ficar do lado dela. Não gosto dela. Brigamos desde crianças. Mas ela vai embora amanhã.

– Se não acontecer nada com ela até lá – disse Sam, com um sorriso maldoso.

– Sam! – reprovou Carly.

– Tá, só um comentário.

– Vou falar com ela e esclerecer as coisas – disse Freddie.

Spencer apareceu com uma fantasia de leão.

– O que é isso? – perguntou Carly.

– Vou ser o Leão Covarde, na peça “O Mágico de Oz”. Verônica participa de um grupo de teatro e a pessoa que ia fazer o Leão ficou doente, então vou substituir.

– Que dia é a apresentação? – perguntou Sam.

– Amanhã.

– Não podemos perder isso por nada – disse Sam, rindo.

– Preciso decorar minhas falas – Spencer foi para o quarto.

– Até mais – disse Freddie e saiu.

– Sam, preciso perguntar uma coisa – disse Carly.

– Fala.

– Você me desculpou de verdade pela história do beijo?

– Claro. Eu sei que não fariam de propósito e não foi um beijo de verdade, né?

– Obrigada, Sam.

– Você também me desculpou pelo lance do beijo com o Griffin, né?

– Não foi culpa sua. E eu já perdoei o Griffin.

– Amigas pra sempre, então?

– Pra sempre.

Sam jogou um pouco de sorvete no nariz de Carly. Ela pegou um pouco de sorvete com a colher e jogou em Sam, também. As duas riram.

ESTÚDIO DO iCarly

– Foi muito engraçado – disse Sam, rindo.

– O Spencer errou a maioria das falas – disse Carly, balançando a cabeça e rindo. Freddie olhou para ela. – Griffin, vem comigo, vamos preparar uns sanduíches.

– Ah, tá – Griffin levantou-se do pufe e eles saíram.

– Sam – disse Freddie –, precisamos conversar. Desde que eu cheguei ainda não consegui falar com você. Sempre aparece alguém ou você sai.

– É, eu sei.

– Você já me perdoou, né?

– Já.

– Então – Freddie ajoelhou-se perto do pufe de Sam –, você quer ser minha namorada?

– Só se você prometer que não vai deixar nada, nem ninguém separar a gente.

– Eu prometo. Sabe que faço qualquer coisa por você, loirinha. Até parei de usar listras.

– Eu vou tentar não ser tão ciumenta e brigona. – Freddie levantou-se. Puxou Sam pela mão e a abraçou. Eles iam se beijar quando o celular dela tocou. – Esquece – disse Sam e eles beijaram-se.

Carly e Griffin entraram no estúdio, cada um com uma bandeja com sanduíches, pipoca e refrigerantes. Os quatro sentaram-se nos pufes e ligaram a TV. Griffin beijou Carly e Sam começou a jogar pipoca neles.

– Isso é por ter atrapalhado a gente – disse Sam, rindo. Griffin pegou um punhado de pipoca e jogou em Sam e Freddie. Eles revidaram.

– Ah, gente, desperdiçando pipoca – disse Spencer, na porta do estúdio, acompanhado por Verônica. Eles pararam “a guerra”.

– Olá – disse Verônica, rindo.

– Oi.

Os dois entraram e sentaram. – Podemos assistir com vocês, né? – perguntou Spencer.

– Claro – respondeu Carly. Ela pegou algumas pipocas no chão e jogou neles. A guerra de pipoca recomeçou.

FIM

Comentem, please!!! Sexta-feira, fic especial de Natal! Beijão com gosto de taco de macarrão ^.^

6 comentários:

  1. Adorei a fic So! Finalmente a Sam e o Freddie voltaram!!!
    Leão covarde... Nossa, foi o papel do meu irmão na peça dele de final de ano esse ano... haha, só que ele quase não falou nada xD
    Uhuuu, a fic de Natal tá chegando!!!

    Bjs
    Mah

    ResponderExcluir
  2. oiiiiiiiiiiiii eu adorei a fanfic e estou muito curiosa pela fanfic de natal!!!
    finalmente os sedies juntos eeeeeeeee!!
    feliz natal soraya!!
    BY:SAMYA!!

    ResponderExcluir
  3. achei que a fic ficou bem legal pois foi bem engraçada,só acho que a prima do freddie poderia ser mais aproveitada na historia!

    ResponderExcluir
  4. Ai, caramba, quanta perfeição *0*
    Você é uma excelente escritora, e eu amei a sua fic, estou ansiosa para ler o especial de Natal...
    SEDDIE, sou uma fã alucinada desse casal, e acho que eles vão ficar na série, a final, se você reparar, Dan gosta desse tipo de relacionamento u.u ódio e amor.
    Voltando ao assunto, eu espero que você faça uma terceira, quarta e não sei mais quantas temporadas *-*

    ResponderExcluir
  5. linda, linda, linda *-*
    ameeeei mesmo, muito perfeita a fic (:
    parabéeens e continue assim *-*

    ResponderExcluir