segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

"Deu a louca na Nickisney" Episódio 3

Olá, gatinhas e gatinhos! Obrigada pela animação! Vocês são tããão fofos! Espero um dia poder conhecê-los e abraçá-los e agradecer por todo apoio! Eu amo abraço (até pareço emo rsrs).

*ESTA É UMA HISTÓRIA DE FICÇÃO. NOMES USADOS APENAS COMO REFERÊNCIA. OPINIÕES EXPRESSAS E AÇÕES SÃO PURAMENTE FICTÍCIAS, SEM INTENÇÃO DE OFENDER OU DIFAMAR AS PESSOAS MENCIONADAS, NEM SEUS FÃS.

EPISÓDIO 3

AS NOVAS LÍDERES DE TORCIDA

Miranda e Selena entram no refeitório e caminham até a mesa à qual as irmãs estão sentadas, com Nathan e Drew.

– Adivinhem – diz Miranda.

– Vamos fazer testes para líder de torcida – diz Selena.

– Legal – diz Jennette. – Mais duas para o Clube das Futilidades.

– A gente pode assistir ao teste? – pergunta Drew.

– Acho que sim – responde Miranda.

– Quem escolhe? – pergunta Jennette. – Madisen Hill?

– É – fala Miranda. – Ela não é uma diva?

– E, aí, pessoal – cumprimenta Justin, aproximando-se. – Oi, Senhorita Encrenca. Algum plano pra essa semana? Explodir a diretoria, por exemplo? – pergunta a Miley.

– Um mês de castigo. Se eu aprontar alguma coisa, vou ficar o resto do semestre sem net, cinema, televisão e sair de casa. Aí eu morro. – Os outros riem.

O último horário é de música para o 1º e 2º ano. A professora está um pouco atrasada. Nathan entra, acompanhado por Justin.

– Nath, o que tá fazendo aqui? – pergunta Madisen.

– Resolvi ver se tenho talento pra música – diz ele, olhando ao redor. Localiza Jennette e vai até ela.

– É impressão minha ou o Nathan tá gostando da CDF novata – diz Milly.

– Pelo bem dela é melhor não – diz Madisen, fuzilando Jennette com o olhar.

– Não acredito que nem aqui me livro de você – diz Jennette ao ver Nathan.

– Eu tento ficar longe de você, mas não consigo. Acho que seu amor por mim é como um ímã.

– Você me irrita, isso sim – diz ela.

– Aceita ir ao cinema comigo, no domingo?

– Não, obrigada.

– Por que? – ele fica decepcionado. – Qualquer garota aceitaria sem pensar.

– Convida outra, então. Eu não gosto de garotos que se acham, Stewart – ela vai para o outro lado da sala, com o violão.

– Boa tarde – diz a professora, sorrindo, entrando na sala. – Olha só, as senhoritas DeLuise estão todas aqui, inclusive a detonadora Miley. – A garota ruboriza. – Eu sou Raven Simoné, mas podem me chamar de profª Raven mesmo. Nathan Stewart? Não sabia que estava em Música, agora.

– Vim testar – diz ele.

– Bom, vamos começar, então. Você e a loirinha DeLuise. Jennette, sim?

– Não, obrigada – diz Jennette.

– Ah, vamos lá. – A professora puxa-a pela mão. – Devem conhecer “Don’t Go Breaking My Heart”. – Ela passa uma partitura para cada um. – Já assistiram ao “O Galinho Chicken Little”, né? Não fiquem com vergonha. Vamos lá...

A professora liga o som para ajudá-los. Jennette faz a voz feminina, sem tirar os olhos do papel, e Nathan, a voz masculina.

http://www.kboing.com.br/elton-john/1-87184/

– Estão vendo? – diz a professora, quando a música termina. – Não foi tão ruim. Jennette, você tem talento. Só precisa levantar a cabeça, ok? Nathan, você é um ótimo jogador de futebol. – Todos riem.

– Sei disso – diz ele, sorrindo. – Não tô aqui pela música – olha para Jennette. Os outros fizem “Uuuuhhh”.

– Mãe – chama Drew, na porta da sala.

– Entra, Drew. Algum problema, querido? – pergunta a mãe, olhando para ele.

– Ele ligou de novo. Disse que pretende voltar à cidade.

– O quê? – Mary entra em pânico. – Seus irmãos não podem descobrir. Vão achar que sou uma mentirosa.

– Mãe, eles precisam saber, principalmente Sterling. Ele tem que descobrir pela senhora.

– Sabe onde ele está? O telefone?

– Não.

– E quanto a ela?

– Morreu há um ano.

– Por isso ele voltou – diz Mary, tentando não chorar. – Mas ele não vai destruir minha vida de novo. – Ela levanta-se. – Seus irmãos nunca vão saber de nada. Sterling é meu filho e o pai de vocês morreu.

– Mas...

– Descobre o número no registro de chamadas e eu mesma vou falar com ele.

– Mãe, todas essas mentiras vão sufocar a senhora – diz Drew, olhando para ela. – Já chega! Se a senhora não contar, eu conto. – Mary olha para ele, horrorizada.

Na saída, Miranda e Selena vão para o ginásio, onde farão o teste para líderes de torcida. Miley vai para detenção.

– Eu vou pra casa – diz Jennette. Victoria e Demi dizem que vão com ela.

– Eu deixo vocês em casa – diz Nathan. – Finalmente meu carro saiu da oficina.

– Não, obrigada – fala Jennette.

– Deixa de ser tão ranzinza, garota – fala Nathan, aborrecido. – Só tô querendo ser gentil.

– E eu tenho direito de recusar seus convites. Não está acostumado a uma garota te dizer “não”? Me deixa em paz – ela vai saindo; ela segura-a pela mão.

– Só queria saber o que eu fiz pra você me odiar. Será que não posso, ao menos, levar você e suas irmãs em casa?

– Que seja – ela puxa o braço e sai. Nathan e as garotas acompanham-na.

– O clima tá esquantando – diz Becky. Ela, a irmã e Madisen estão paradas, no corredor para o ginásio, observando.

– Vamos – diz Madisen, furiosa. Ela entra no ginásio e pede para Leon (responsável pela rádio e festas do colégio) colocar a música. Avalia, impassível, enquanto Miranda e Selena dançam e fazem acrobacias. – Ok – diz ela e Leon desliga o som. – Precisam melhorar a técnica, mas serve. São as novas líderes de torcida. - Miranda e Selena abraçam-se, sorrindo.

– Soube que entraram pro time – diz Drew a Selena e Miranda, no dia seguinte. – Parabéns.

– Obrigada – diz Miranda.

– Amanhã é dia de praia, hein, pessoal – diz Madisen, passando pelo corredor. – Você vai à praia de biquíni ou usa calça de moleton pra isso também? – pergunta a Jennette. Há várias risadinhas.

– Madisen – diz Nathan, chateado. – Pede desculpas.

– Por que? Quem é a mosquinha morta, ladra de namorados, aqui?

– Eu não sou seu namorado!

– Mas seria. A gente sempre foi o casal do colégio, até essa sem graça aparecer.

– Chega – diz Nathan e puxa Jennette pela mão até a sala.

– Ela me paga – diz Madisen e sai.

Jennette chega à sala de Artes antes de todos porque tinha passado a hora do almoço na Biblioteca.

– Ah, você tá aqui – diz Madisen, entrando na sala. Ela aproxima-se da colega. – Eu vou ser bem clara, Jennette. Fique bem longe do meu Nathan ou eu...

– Eu não estou nem aí pro seu Nathan – diz Jennette, encarando-a.

– Não é o que parece. Você está tentando se fazer de difícil pra conquistar ele.

– Você é louca...

– Você vai deixar bem claro pro Nathan que não quer nada com ele ou eu acabo com você, queridinha.

– Olá, garotas – diz o professor Jerry Trainor, entrando na sala, acompanhado pelos outros alunos.

– Entendeu, né? – pergunta Madisen, baixinho, para Jennette e sai.

– Nossa, você fica cada dia mais linda – diz Nathan a Jennette, quando a garota chega à praia, com as irmãs.

– Aposto que fala isso pra todas.

– Qualé, Jen. Eu quero ser seu amigo. Me dá uma chance, vai.

– Mi, querida, vamos dar um mergulho? – pergunta Madisen a Miranda, mais adiante.

– Vamos. Mas não muito longe. Eu não sei nadar.

– Não se preocupe, eu sei.

As duas caminham até o mar e Madisen segura a mão de Miranda até o meio do mar. Quando Miranda mergulha, Madisen solta a mão dela e volta.

– Mad! Mad! – chama Miranda, desesperada.

– Gente, a Mi tá se afogando! – grita Madisen. – Eu disse pra ela não ir pro fundo.

Drew corre para o mar. Nathan vai com ele.

– Ah, meu Deus – diz Demi, preocupada.

Os garotos conseguem alcançar Miranda e a trazem de volta, desacordada. Drew

coloca-a deitada na areia e faz respiração boca-a-boca. Miranda tosse e cospe água.

– Você tá bem? – pergunta Drew, preocupado.

– Tô – diz ela, num fio de voz. Demi ajuda-a a se sentar.

– Obrigada, garotos – diz Demi.

– Vem – diz Drew, pegando Miranda no colo.

– Não... – começa Miranda.

– Vou levar você pra casa – diz ele. – Me ajuda. Coloca os braços em volta do meu pescoço – ela obedece.

– Eu avisei – cochicha Madisen para Jennette, que olha para ela, assustada.

FIM

Gostaram? Comentem! Não gostaram? Comentem! Aceito elogios, críticas, sugestões... Besitos :)

8 comentários:

  1. acheia fic legal,como eu já tinha dito não gostei de alguns personagens terem aparecido,mas ai é só a minha opinião!

    ResponderExcluir
  2. Ficou demais! Agora eu estou mais ansiosa(se isso for possível)! *-*

    ResponderExcluir
  3. Adorei! quero ler o 4°. professor gato, hein! =x

    ResponderExcluir
  4. Aí, Sô! Has people talking about your personages. Mas não liga! Se não tivesse essas pessoas desagradáveis a fic não seria tão legal e não teria graça. Bjo.

    ResponderExcluir
  5. julia lopes01/02/2011 19:58

    amando d+ ♥ medooo da "mad" aquela futricada... ok eu sou muito exagerada!! quero ler logo o proximo episodio!!

    ResponderExcluir
  6. ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh PARABENSSS ! AMEII TO CADSA VEZ MAIS ANSIOSAAAAAAAAAA ! E MT BOM!

    ResponderExcluir
  7. Seddie - s203/02/2011 14:26

    Oiee Soh' (posso te chamar assim??)
    quero te dizer q toh adorandoo muiito as fic's
    estão otimas...
    Eu naum gostei muito da Madisen! (tah..naum gostei nada!!)
    Euu queria q a Jenne odiasse menos o Nathan!! *-*
    Boom...
    eu queria mesmo pedir q vc continuasse as fic's de iCarly, e qui fizesse a Sam e o Freddie voltarem!!!!!!
    PLEASEE!!!
    Kiss***
    Byee*¨*

    ResponderExcluir
  8. Amei amei amei, vooç tem potencial, msm garota, amo ler suas fics parabens

    ResponderExcluir