domingo, 25 de dezembro de 2011

Deu a louca na Nickisney - episódio 18


Merry Christmas, gatinhas e gatinhos! Eu prometi uma fanfic especial de iCarly, mas eu já não estava bem nos últimos meses e minha avó faleceu recentemente, estou bem triste e não consegui terminar. Espero que gostem deste episódio de Nickisney. Vou tentar terminar a fic, talvez para o dia de São Valentim (ou dia dos namorados), em 14 de fevereiro.


**ESTA É UMA OBRA DE FICÇÃO. NOMES USADOS APENAS COMO REFERÊNCIA. SEM INTENÇÃO DE OFENDER NEM DIFAMAR OS ATORES E ATRIZES AQUI CITADOS, NEM SEUS FÃS.

Episódio 18
NOVO PROJETO
David está triste, sentado na cama do hospital. Sua mãe lhe dera uma bronca, junto com seu pai, e disseram que estavam muito decepcionados com seu comportamento. Ele está arrependido de ter bebido tanto, de ter entrado naquele carro com os outros garotos, também bêbados e não consegue acreditar que seu amigo ter morreu.
Alguém bate na porta e Jenniffer Stone, colega de Justin, entra no quarto. – Oi – diz ela, sorrindo.
– Oi, Jen – diz David, sorrindo sem graça.
– Você me deu um susto – diz ela, de um jeito acusador, mas sorrindo.
– Você não deveria estar na escola?
– Estou aqui desde as seis horas, mas o médico só me deixou entrar agora. Fiquei tão preocupada – diz ela, olhando para ele de um jeito carinhoso e passando a mão nos cabelos dele.
– Você é uma ótima amiga, Jen.
– Pena que você me deixou de lado depois que a Selena chegou.
– Ela veio aqui? – pergunta David e Jenniffer afasta-se.
– Não acredito que tá assim por causa dela – diz Jenniffer, aborrecida.
– Por que ela preferiu o Justin? – pergunta David, triste.
– Não sei porquê eu vim – diz Jenniffer, virando-se para sair.
– Jen, espera – diz ele, segurando o braço dela. – O que foi?
– Você é tão idiota, David – diz a garota, com lágrimas nos olhos. – Por que você acha que eu ficava tentando chamar sua atenção, enquanto você corria atrás de Selena? E me afastei quando me disse que estava apaixonada por ela? Eu pensei que poderia te esquecer, mas... Eu sou apaixonada por você. Desde o sexto ano. – Eles olham-se por um tempo e ela sai correndo.


Nathan e Jennette saem do colégio, de mãos dadas. Ele diz que tem uma surpresa para ela.
– Você não vai me dizer o que é? – pergunta ela.
– Não – diz ele, sorrindo. – Aliás, olha ali.
– Ah, não acredito – diz Jennette, sorrindo, ao ver a mulher morena, de cabelos loiros, vestida de preto, saindo do carro parado adiante.
– Como vai minha patinadora preferida? – pergunta a mulher, sorrindo, abrindo os braços.
– Di – diz Jennette, abraçando-a. – Eu tô bem, e você?
– Muito bem! Fiquei tão feliz quando seu namorado ligou dizendo que você vai recomeçar a treinar. Cheguei a pensar que não ia competir esse ano, menina.
– Ah, Di, esse é Nathan Stewart, meu namorado – apresenta Jennette. – Essa é Dianna De La Garza, minha treinadora.
– Muito prazer conhecê-lo pessoalmente, Nathan – diz Dianna, sorrindo, apertando a mão dele.
– Não acredito que fez isso – diz Jennette a Nathan. – Você é demais! – Eles abraçam-se.
– Então, vamos treinar? – pergunta Dianna, sorrindo.
– O Clube é aqui do lado – diz Nathan. – Quase ninguém usa a pista de patinação. – Os três vão para esquerda.


Quando Miley sai da sala de aula, ela bate em um garoto loiro e os livros deles caem.
– Ah, garoto, não olha por onde anda? – pergunta Miley, aborrecida, sem olhar para ele.
– Desculpa – diz ele, enquanto abaixam-se para pegar os livros. Suas cabeças chocam-se e eles se olham. – Ah, Miley.
– Você me conhece? – pergunta ela.
– Quem não conhece Miley DeLuise? – diz ele, enquanto eles levantam-se. – Explodiu o banheiro... hum – ele percebe que está sendo indiscreto. – Quer dizer, eu sou amigo do Drew e ele é namorado da sua irmã, né?
– É? – pergunta Miley, confusa. – Não sabia que Drew e Miranda  estão namorando.
– Ainda não – diz ele e estende a mão. – Ah, meu nome é Lucas Till.
– Ah – Miley aperta a mão dele. – Bom, eu tenho que ir. – Ela sai e Lucas observa-a sumir na multidão.
– Cara, você tá babando – diz Drew, aproximando-se.
– Olha só quem fala – diz Lucas. – Parece um bobão quando fala da Miranda.
– Vou pedir ela em namoro hoje. Pro pai dela.
– Boa sorte – diz Lucas. – Vai precisar.

Victoria está no ginásio para ajudar Leon com o som, durante o treino das líderes de torcida. Eles estão conversando e rindo quando as garotas chegam.
– O que é que a mosca morta tá fazendo aqui? – pergunta Keke para Madisen.
– Calma. Essa pode ser sua chance – diz Madisen, sorrindo.
– Madisen – chama Becky, acompanhada pela irmã. – Conversamos com nossos pais e vamos voltar para o time.
– Ah, que ótimo – diz Madisen, sorrindo. – Ok, meninas. Todas em seus lugares. Temos que arrasar esse ano. Vamos trazer o troféu de primeiro lugar de novo...

No fim do treino, Madisen pede a Victoria para ajudá-la a guardar os pompons e faixas na sala de dança.
– Você e Victoria estão namorando mesmo, né? – pergunta Keke a Leon, enquanto ele desliga o som.
– Estamos – diz ele.
– Eu continuo sendo sua melhor amiga, né? – pergunta ela.
– Claro, Keke – diz Leon, sorrindo. Ela abraça-o e quando vê Victoria e Madisen saírem da sala de dança, Keke beija Leon. Victoria sai correndo do ginásio.
– Keke – diz Leon, afastando-a. – Pare com isso. Eu gosto da Tori, entendeu?
– Vamos, Keke? – pergunta Madisen, aproximando-se.
– Cadê Tori? – pergunta Leon.
– Ela já foi – diz Madisen.
– Ah, não – diz Leon e sai correndo. – Tori. – Ele alcança-a no estacionamento. – Espera. – Ele passa na frente dela e a faz parar.
– Me deixa em paz, Leon – diz Victoria, aborrecida.
– Você viu o beijo, né? Foi Keke que me beijou de surpresa. – Ele segura o rosto dela com as duas mãos. – Tori, eu tô apaixonado por você e não ficaria com outra garota.
– Jura? – pergunta ela, olhando-o nos olhos.
– Eu juro – diz Leon. – Preciso que confie em mim, Tori.
– Eu confio. Mas eu não vou suportar Keke dando em cima de você.
– Vou ficar o mais longe possível dela – diz Leon, sorrindo e a beija.


Drew chega a casa dos DeLuise, com flores e uma caixa de chocolate e toca a campanhia. O sr. DeLuise abre a porta.
– Boa noite, sr. DeLuise – diz ele, um pouco nervoso.
– Boa noite, Stewart – diz o sr. DeLuise, seco. – Espero que fale rápido. Preciso voltar para Pizzaria.
Drew entra na sala e sorri ao ver Miranda. – Oi – diz ele e dá um beijo na bochecha dela. Ele entrega flores e a caixa a ela.
– Obrigada – diz ela, sorrindo.
– Eu coloco na água pra você – diz a sra. DeLuise, pegando as flores da mão de Miranda.
– Hum... sr. DeLuise – diz Drew, segurando a mão de Miranda –, eu quero pedir permissão para namorar Miranda – ele olha para ela e sorri.
– Miranda só tem quinze anos, você é mais velho que ela, está envolvido em um processo...
– Wolff desistiu do precesso, senhor.
– Ah – diz o sr. DeLuise. – Bem... – A sra. DeLuise entra na sala e olha para o marido. – Você gosta dele, Mi? – pergunta o pai.
– Gosto – diz Miranda, sorrindo, olhando para Drew.
– Ok, permissão concedida. Mas espero que respeite minha filha, não a faça sofrer e a trate muito bem.
– Vou fazer de tudo para fazer Miranda feliz – diz Drew, sorrindo para Miranda.
– Vou acreditar em você – diz o sr. DeLuise, com os braços cruzados. – Bom, eu tenho que voltar pra Pizzaria. Vem cá, querida – diz ele a sra. DeLuise, que o acompanha até a porta. – Fica de olho nos dois, viu?
– Claro – diz ela, sorrindo.
– E a Sel? Ela parece bem triste.
– Ela terminou com Justin – diz a sra. DeLuise.
– Por que? Eles estavam tão bem.
– Os dois acharam melhor. Estavam se sentindo culpados pelo acidente com David.
– Ah. Bem, tenho que ir – o sr. DeLuise sai e a mulher sobe as escadas.
– Foi mais fácil do que eu pensava – diz Drew, abraçando Miranda pela cintura.
– Papai tá menos rígido agora – diz ela, sorrindo, colocando os braços em volta do pescoço dele. Eles beijam-se, apaixonadamente.


– Eh, ganhei! – grita David, soltando o controle do Playstation.
– Parabéns, filhão! – fala o sr. Stewart, que está jogando com ele. Os dois estão sentados no sofá da sala. Mary está na cozinha e observa-os, de vez em quando.
Sterling entra em casa e fica sem graça ao ver o sr. Stewart.
– Oi, Sterling – diz o homem, sorrindo.
– Oi – diz o garoto, secamente, e vai para cozinha. – Oi, mãe – ele dá um beijo nela e pega uma latinha de refrigerante na geladeira. – O que ele tá fazendo aqui?
– David que o chamou – diz Mary. – Pelo menos, ele está feliz.
Justin entra pela porta dos fundos, com um livro na mão, e passa direto.
– Ei, cara – diz Sterling. – Ficamos invisíveis, foi?
– Oi – diz Justin, voltando.
– Que foi, filho? – pergunta Mary, levantando-se. – Você anda triste – ela segura o rosto dele com as duas mãos e tira o cabelo dele dos olhos. – O que aconteceu? Tá doente?
– Eu e Sel terminamos – diz Justin, triste.
– Você e Sel terminaram? – pergunta David, parado na porta da cozinha, quase sorrindo.
– É, terminamos – diz Justin, aborrecido. – Espero que esteja feliz. – Ele sai da cozinha e sobe as escadas. O garoto vai até o quarto de Nathan, Sterling e Drew, onde Nathan está fazendo o dever de casa.
– Fala, Justin – diz ele ao ver o irmão.
– Cara, eu posso mudar pra cá?
– Que foi? Brigou com David de novo?
– Não. Eu só não quero ficar naquele quarto.
– Claro, mano – diz Nathan. – Pode ficar com minha cama que eu durmo no outro quarto.
– Valeu mesmo, mano – diz Justin, jogando-se na cama de baixo do beliche.


Miley procura por alguém, no corredor do colégio, no dia seguinte, ficando na ponta dos pé, para ver por cima da multidão.
– Procurando alguém, cunhada? – pergunta Drew, abraçado a Miranda, ao lado dela.
– Tô – diz ela. – Ah – ela acena ao ver Lucas Till.
– Oi, pessoal – diz Lucas, sorrindo. – Fiquei com seu livro, né? – pergunta a Miley.
– É – ela estende o livro de Geografia dele e ele estende o dela. – Valeu. – Miley e Lucas ficam se olhando até um garoto do último ano aparecer.
– Olha aí, pessoal – diz Corbin Bleu, distribuindo uns panfletos. – O prefeito vai fazer um pronunciamento na praça hoje. – Ele sai.
– O que será agora? – pergunta Lucas, lendo o papel.
– Da última vez ele gastou milhões pra consertar e mudar o nome da Avenida Stephenie Meyer – diz Drew.
– Meu pai vai construir um shopping aqui, se quer saber – diz Brenda, parada perto deles. – E, bom, a Avenida Beira-Mar ficou bem melhor  e o nome também. – Ela sai. O sinal toca e Drew leva Miranda até a sala dela.
– Não precisa me tratar como se eu fosse de cristal, Drew – diz ela, sentando-se. Ele agacha-se e a olha nos olhos.
– Você é preciosa pra mim, linda. E ainda não está totalmente recuperada da cirurgia. Tori, cuida dela, viu? – diz Drew para garota sentada atrás de Miranda. Victoria balança a cabeça, sorrindo. – Boa aula pra você – ele dá um beijo na testa de Miranda e sai.


Às sete horas da noite, as pessoas estão reunidas na Praça da cidade, onde um pequeno palco foi armado. Todos estão curiosos para saber o que o Prefeito Song tem a dizer.
Vinte minutos depois, o sr. Song e a esposa sobem ao palco, acompanhados por Brenda, a sra. Hill e outro casal desconhecido.
– Boa noite, habitantes de Nickisney – sauda o sr. Song. – É com muito prazer que anuncio o novo projeto: o Shopping Nickisney. – Ele puxa o pano que cobre a maquete do shopping e as pessoas aplaudem. – A construção será feita pela Construtora Jogia – ele indica o casal – e financiada pelo Banco Hill e a Prefeitura.
– E onde ele será construído? – pergunta um homem que está perto do palco.
– Na área verde a leste da cidade – responde o prefeito, sorrindo.
– Quê? – dizem o homem e sua esposa, entreolhando-se. – No Recanto dos Pássaros? – Um burburinho percorre a multidão e alguns olham, incrédulos, para o prefeito...


Um ótimo Natal para vocês e até o Ano Novo – dia 1º, tem o episódio 19.
Beijos :)

3 comentários:

  1. OWWWWN .. *-------* Ameii .. Mas achei injusto o Justin e a Selena terminarem .-.

    ResponderExcluir
  2. Oiee Sô... Senti sua falta!!! =D
    Tá mto legal, adorei q a Jenn vai voltar a patinar! e Fiquei triste pela Sel e o Justin, espero que eles voltem...
    Continuaa poor favoor, sinto falta das suas historias!!!
    Kiss***
    Ps: Eu sinto mto pela sua vó!!! Espero que fique beem...

    ResponderExcluir
  3. Muito legal Soraya, muito bem tah treee massaa, tbm naum gostei do Justin terminar com a Selena,mas ficou muito legal...

    ResponderExcluir